sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Feliz 2017

     O ano de 2016 ficou marcado pela fomentação de nossas ideias e a tentativa de união entre as web rádios. Vamos continuar a busca pela valorização das web rádios, dos profissionais.

    Agradeço aos que ajudaram na melhoria deste pequeno e humilde grupo de trabalho e que em 2017 tudo possa ser melhor ainda. Implantamos o prêmio de melhores do ano em 2016, um embrião, mas a repercussão foi muito boa.

     Que DEUS abençoe a todos e que possamos continuar juntos rumo ao sucesso em 2017

Atenciosamente,


Prof Fernando Alves Firmino

Presidente da UBWR

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Apresentador

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Apresentador de Rádio Online, o vencedor foi Rodrigo Sturaro, da Rádio RDG Esportes, que obteve 41,8% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros colocados desta categoria:



1 - 41,8% - Rodrigo Sturaro - Rádio RDG Esportes
2 - 17,1% - Denis Simão - Rádio Litoral Esportivo        
3 - 6,5% - Fernando Alves Firmino - Rádio Esportesnet
4 - 5,5% - Cícero Júnior - Rádio Já-Obidense
5 - 4,5% - Felipe Viana - Rádio Arquibancada EC
5 - 4,5% - Fabrício Fernandes - Rádio Show do Esporte

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Repórter Esportivo

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Repórter Esportivo de Rádio Online, o vencedor foi Evandro Theodoro, da Rádio Litoral Esportivo, que obteve 18,5% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros colocados desta categoria:



1 - 18,5% - Evandro Theodoro - Rádio Litoral Esportivo
2 - 17,0% - Felipe Viana - Rádio Arquibancada EC         
3 - 15,6% - Ricardo Dias -  Rádio Futgol Esportes
4 - 6,3% - Rafael Pereira - Rádio Premium Esportes
5 - 6,0% - Rafael Jacobucci - Rádio Esporte na Rede
5 - 6,0% - Juliano Ravanelli - Rádio RDG Esportes

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio Litoral Esportivo pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Comentarista Esportivo

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Comentarista Esportivo de Rádio Online, o vencedor foi Rodrigo Sturaro, da Rádio RDG Esportes, que obteve 28,1% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros colocados desta categoria:



1 - 28,1% - Rodrigo Sturaro - Rádio RDG Esportes
2 - 11,8% - Alberto Barbosa - Rádio RDG Esportes           
3 - 10,4% - Arthur Faria - Rádio Litoral Esportivo
4 - 6,8% - Caíque Stiva - Rádio Litoral Esportivo
5 - 6,4% - Mateus Netto - RPC

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Narrador Esportivo

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Narrador Esportivo de Rádio Online, o vencedor foi Flávio Duarte, da Rádio RDG Esportes, que obteve 24,3% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros colocados desta categoria:



1 - 24,3% - Flávio Duarte - Rádio RDG Esportes
2 - 19,8% -  Felipe Fiori - Rádio Esportesnet           
3 - 18,6% - Gabriel de Jesus - Rádio RDG Esportes
4 - 7,8% - Fábio Lázaro - Rádio Litoral Esportivo
5 - 3,2% - Fabiano Marini - Rádio Arquibancada EC

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Programa Esportivo

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Programa Esportivo de Rádio Online, o vencedor foi o programa "Opinião RDG", da Rádio RDG Esportes, que obteve 42,8% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros programas desta categoria:



1 - 42,8% - Opinião RDG - Rádio RDG Esportes
2 - 16,4% - Esporte de Prima - Rádio Litoral Esportivo
3 - 5,8% - Papo de Bola - Rádio Força Jovem 
4 - 5,5% - Tacacá Esportivo - Rádio Já-Obidense
5 - 4,6% - Esporte Mania - Rádio Esportesnet

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Programa Musical

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Programa Musical de Rádio Online, o vencedor foi o programa "Live on the rocks", da Rádio Stay Rock Brazil, que obteve 26,7% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros programas desta categoria:



1 - 26,7% - Live on The Rocks - Rádio Stay Rock Brazil
2 - 15,4% - Da Melhor Qualidade - Rádio Live Rock
3 - 11,9% - Conexão Cidade - Rádio Frequência Máxima 
4 - 6,7% - As Melhores do Povo - Rádio Já-Obidense
5 - 5,6% - Manhã Feliz - RPC

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio Stay Rock Brazil pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Programa Jornalístico

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Programa Jornalístico de Rádio Online, o vencedor foi o programa "Em dia com a notícia", da Rádio Catedral, que obteve 32,6% dos votos válidos. Confira abaixo os cinco primeiros programas desta categoria:



1 - 36,5% - Em dia com a notícia - Rádio Catedral
2 - 23,2% - Opinião RDG - Rádio RDG Esportes
3 - 14,5% - Esporte Mania - Rádios Esportesnet
4 - 4,4% - Plug News - Rádio USCS
5 - 3,6% - Bandeirada - Rádio Esporte na Rede

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio Catedral pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Rádio Online Esportiva

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Rádio Online Esportiva, a vencedora foi a Rádio RDG Esportes, que obteve 36,5% dos votos válidos. Confira abaixo as cinco primeiras rádios desta categoria:



1 - 36,5% - Rádio RDG Esportes
2 - 13,9% - Rádio Litoral Esportivo
3 - 6,1% - Rede Contínua
3 - 6,1% - Rádio Força Jovem
4 - 5,7% - RPC
5 - 5,6% - Rádio Arquibancada EC

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Rádio Online Musical

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Rádio Online Musical, a vencedora foi a Rádio Live Rock, que obteve 15,9% dos votos válidos. Confira abaixo as cinco primeiras rádios desta categoria:



1 - 15,9% - Rádio Live Rock
2 - 10,9% - MKK Web Rádio
3 - 8,5% - Rádio Rock Nation
4 - 6,3% - Rádio Stay Rock Brazil
5 - 6,0% - Rádio Arquibancada EC

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio Live Rock pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Rádio Online Religiosa

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Rádio Online Religiosa, a vencedora foi a Rádio Web Gospel, que obteve 11,3% dos votos válidos. Confira abaixo as cinco primeiras rádios desta categoria:


1 - 11,3% - Rádio Web Gospel 
2 - 10,2% - Paulinas 24 horas
2 - 10,2% - Rádio de Jesus
3 - 9,8% - Rádio Catedral
4 - 9,1% - RPC 
5 - 8,7% - Rádio Line Gospel

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio Web Gospel pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Site de Rádio Online

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Site de Rádio Online, a vencedora foi a Rádio RDG Esportes, que obteve 29,8% dos votos válidos. Confira abaixo as cinco primeiras rádios desta categoria:


1 - 29,8% - Rádio RDG Esportes
2 - 10,1% - Rádio Live Rock
3 - 8,9% - Rádio Litoral Esportivo
4 - 8,5% - Rádio Stay Rock Brazil 
5 - 5,8% - MKK Web Rádio

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

RESULTADO FINAL - Prêmio UBWR Melhores do Ano - Categoria Rádio Online

UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.

Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiou 12 categorias. No total foram 3683 votos válidos, que foram computados entre os dias 18 de novembro e 18 de dezembro.

Na categoria Melhor Rádio Online, a vencedora foi a Rádio RDG Esportes, que obteve 25,6% dos votos válidos. Confira abaixo as cinco primeiras rádios desta categoria:


1 - 25,6% - Rádio RDG Esportes
2 - 10,7% -  Rádio Rock Nation              
3 - 8,0% - Rádio Stay Rock Brazil 
4 - 7,7% - Rádio Live Rock
5 - 7,6% - Rádio Litoral Esportivo

UBWR - União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio RDG Esportes pela conquista !

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Luto



    Fomos acometidos nesta madrugada de 29 de novembro de 2016 com a notícia terrível do acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense até a Colômbia para a disputa da primeira partida da Copa Sulamericana que se daria amanhã frente ao Atlético Nacional.

    Além das vítimas do time e de sua comissão técnica. Estavam a tripulação e profissionais de imprensa. Independente se são ou não de web rádios, eram jornalistas, dignos de suas carreiras e com respeito e credibilidade e acima de tudo: seres humanos, pais de famílias, que assim como nós que militamos em nossa profissão, eram sonhadores e levavam até seus espectadores o sonho, a alegria e magia do esporte.

    Agora quase todos repousam em outro plano e que em nossas orações suas famílias, amigos e fãs possam ser reconfortados.

    Minha consternação e tristeza não me permite colocar meus pensamentos em ordem.

    Meus sinceros pêsames e em nome de todos da União Brasileira de Web Rádio, sugiro homenagens em nossas programações e transmissões a estes profissionais.

    #SomosTodosChape #ImprensaDeLuto #UBWRdeLuto

Profissionais de imprensa

Guilherme Marques, da Globo: repórter

Ari de Araújo Jr., da Globo: repórter cinematográfico

Guilherme Laars, da Globo: repórter cinematográfico

Giovane Klein Victória, da RBS: repórter da RBS TV, afiliada da TV Globo, de Florianópolis

Bruno Mauri da Silva, da RBS: técnico da RBS, afiliada da TV Globo, de Florianópolis

Djalma Araújo Neto, da RBS: cinegrafista da RBS TV, afiliada da TV Globo, de Florianópolis

André Podiacki: repórter do jornal "Diário Catarinense"

Laion Espíndola, do Globo Esporte: repórter

Victorino Chermont, da Fox: repórter dos canais Fox Sports
Rodrigo Santana Gonçalves, da Fox: repórter cinematográfico dos canais Fox Sports

Devair Paschoalon, o Deva Pascovicci, da Fox: narrador dos canais Fox Sports

Lilacio Pereira Jr., da Fox: coordenador de transmissões externas dos canais Fox Sports

Paulo Clement, da Fox: jornalista dos canais Fox Sports

Mário Sérgio, da Fox: ex-jogador e ex-técnico de futebol, atualmente era comentarista nos canais Fox Sports.

Renan Agnolin: repórter da rádio Oeste Capital, de Chapecó

Fernando Schardong

Edson Ebeliny

Gelson Galiotto: narrador da rádio Super Condá, de Chapecó

Douglas Dorneles: repórter esportivo da Rádio Chapecó

Jacir Biavatti

Ivan Agnoletto: da rádio rádio Super Condá, de Chapecó

Rafael Henzel: jornalista da rádio Oeste Capital, de Chapecó, foi resgatado com vida e levado ao Hospital de La Ceja. De acordo com o Bom Dia Brasil, ele teve lesões vertebrais mas sua condição é estável.

Atenciosamente,

Profº Fernando Alves Firmino
Presidente da UBWR


sábado, 19 de novembro de 2016

Prêmio Melhores do Ano 2016 - Web Rádios


    A UBWR - União Brasileira de Web Rádios, tem como objetivo valorizar e unir as rádios em prol da difusão, busca de conhecimento e troca de valores, sem ter qualquer objetivo de ser um sindicato ou cobrar taxas de seus filiados.
    "Estamos plantando uma semente, graças ao empenho de pessoas como o Vice-presidente da UBWR e proprietário da Rádio RDG Esportes, Rodrigo Sturaro, que acreditou e bancou o lançamento desta premiação que não quer ser melhor do que ninguém, só queremos ajudar ao reconhecimento do trabalho sério de muitas web rádios que infelizmente devido a centenas de pessoas que exercem um péssimo trabalho, a sociedade, empresas, julgam todas as web rádios da mesma forma" - Afirmou o Presidente da UBWR e proprietário da Rádio ESPORTESNET, Profº Fernando Alves Firmino
    É inegável o trabalho de toda a diretoria da UBWR para a viabilizar esta premiação: Felipe Viana, Cléber Almeida e Gustavo Tomazeli.
     Visando reconhecer os grandes destaques do web rádio brasileiro, criamos o Prêmio UBWR - Melhores do Ano, que nesta sua primeira edição premiará 12 categorias:
- Melhor Rádio Online

- Melhor Site de Rádio Online

- Melhor Rádio Online Religiosa

- Melhor Programa Jornalístico

- Melhor Rádio Online Musical

- Melhor Programa Musical

- Melhor Rádio Online Esportiva

- Melhor Narrador Esportivo

- Melhor Comentarista Esportivo

- Melhor Repórter Esportivo

- Melhor Apresentador Esportivo

- Melhor Programa Esportivo

     O período de votação será a partir das 00h01 do dia 18 de novembro até 23h59 do dia 18 de dezembro de 2016. O resultado final, com o nome dos vencedores, será divulgado no dia 20 de dezembro no site da UBWR. Vale ressaltar que será aceito somente um voto por e-mail válido e caso haja repetição somente o primeiro voto será consignado.
     Lembrando que será aceito somente um voto por categoria e que todos os vencedores receberão uma medalha concedida pela UBWR como forma de agraciar aos eleitos e que eles possam ter uma recordação da conquista.
     Site para votação: www.ubwr.blogspot.com.br


segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Rádio continua crescendo mais que serviços de música na internet





     A Triton Digital divulgou os resultados de agosto de sua pesquisa mensal Webcast Metrics. Essa pesquisa, voltada para o mercado americano, registra a audiência na internet dos maiores serviços de música e de rádio online, incluindo Spotify, iHeartRadio, Pandora, CBS Radio e outros.

     Os resultados de agosto, comparados com o mesmo período do ano anterior, mostraram que a audiência na internet continua crescendo. No período de 6 as 20 horas, de segunda a sexta, a audiência cresceu 14,3%.

     Interessante notar que o rádio online (streaming das rádios que repetem na internet as transmissões convencionais AM/FM) continua crescendo mais que os serviços exclusivamente de música. A audiência do rádio online de 6 as 20 horas, de segunda a sexta, cresceu 16,8% contra 13,7% dos serviços de música. Na janela de 6 as 24 horas, de segunda a domingo, a distância é ainda maior com 23,4% para o rádio e 15,2% para os serviços de música.




Fonte: ZYDigital

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Depoimento do jornalista Rodrigo Vilela

          Depoimento extraído do Facebook do jornalista Rodrigo Vilela da Rádio Show do Esporte:

     "Esses dias eu estava conversando com alguns nobres colegas de web rádio e fazendo um exercício de diversão e zoeira, imaginando como seria, por exemplo, se a Rádio Show do Esporte, a Rádio RDG EsportesJornada Esporte na RedeRádio ESPORTESNET fossem uma única web rádio (apenas para citar algumas webs conhecidas minhas e que são tops; poderia citar outras 15 aqui).
     Sim. Com certeza seria uma baita rádio, com vários programas ao vivo, com esportes, música e jornalismo, o que mostraria que web rádio pode ser eclética e mesmo assim, ter qualidade e audiência, com uma programação 24h (coisa que a Show do Esporte já faz há mais de um ano).
     E o porquê desta brincadeira? Pra falar sério, agora.
     Não sei se deveria falar, mas julgo ser importante.
     Há algum tempo, o Luiz Ademar, ex-presidente da ACEESP, me disse, até num tom de, digamos, decepção, da baixíssima quantidade de votos para as mídias webs no Troféu ACEESP. E eu disse, à época, que divulgaria ao máximo para fazer o meio web (rádio ou TV) ser reconhecido.
     Pois é, a minha parte eu faço. Mas tem muita gente dentro das web rádios que parece jogar contra sempre, fazendo um trabalho "de qualquer jeito", apenas por um ego ou por uma arrogância que não percebem, na verdade, não ter ao se expor desta forma.
     Fora a falta de união de boa parte que beira o insuportável.
     Se quisermos fazer o meio web rádio crescer e ser reconhecido, temos que, primeiro, ter a consciência de que ainda somos um meio necessitando de espaço. Apresentar aos ouvintes um produto de qualidade. Preocupar-se com a qualidade de seus programas e transmissões (não só na parte técnica, mas na forma de levar a jornada).
     E aí sim, com várias grandes webs, com certeza os olhos se voltarão mais e mais a quem demonstra capacidade e espírito de liderança. Aquele que sabe que a união é a palavra chave para o sucesso.
     União. Respeito. Incentivo. Não é muito difícil, né?"


     #OrgulhodeserWebRádio


Orgulho de ser Web Rádio


Nós temos orgulho
#OrgulhodeserWebRádio


terça-feira, 18 de outubro de 2016

Rádio Tom Social é indicada para o prêmio internacional SIGEF 2016


     Projetada para ser mais que uma rádio, a Rádio Tom Social foi fundada em 2010 e é a primeira emissora online de rádio segmentada para o terceiro setor, com objetivo de democratizar a informação do terceiro setor e colaborar para que ações sociais ganhem mais força e conquistem seus objetivos. A rádio disponibiliza em seu site um canal onde ONGs e empresas privadas podem divulgar gratuitamente seus projetos sociais. A proposta inovador ganhou força sendo reconhecida pela ONU ao qual hoje são parceiros de conteúdo, além de receber dois prêmios de Fornecedor consciente 2013 nas categorias Responsabilidade Social e Cultura.
     Neste ano de 2016, a emissora consegue mais uma grande conquista sendo indicada ao prêmio SIGEF 2016, evento internacional anual organizada pela Horyou.
A terceira edição será realizada em paralelo ao COP 22 em Marrakesh, Marrocos, a partir de 9 de novembro. Para se candidatar os projetos devem atender aos critérios de elegibilidade, que incluem pelo menos um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e explora soluções inovadoras para um futuro melhor em uma ampla gama de tópicos, tais como Cidades do Futuro, Clima e Meio Ambiente, Empreendedorismo Social, práticas de RSE e Sustentabilidade, Filantropia e investimento de impacto, Arte e Cultura e Empoderamento da Juventude.
     Para Cleber Almeida, fundador do projeto Tom Social, apesar das grandes dificuldades de manter a emissora no ar, pois ainda não conseguiram nenhum tipo de investidor para o projeto, é muito satisfatório ter o trabalho e o objetivo da rádio reconhecidos por um evento de tamanha grandeza, especialmente a nível internacional. Isso mostra que estamos no caminho certo e que devemos continuar forte e firme colaborando para área social no Brasil e mostrando para possíveis investidores que o projeto merece ser apoiado.
     Para saber mais sobre o SIGEF 2016, acesse o site www.sigef2016.com
    A União Brasileira de Web Rádios parabeniza a Rádio Tom Social e seu idealizador e CEO, Cleber Almeida pela conquista que só serve para reforçar a importância do trabalho sério e com dedicação...que sim podemos fazer mais e melhor se sairmos do meio comum.





segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O rádio ainda poderá mudar o mundo






Publicado em Quarta, 21 Setembro 2016 16:07
 Escrito por Alvaro Bufarah (*)

     No mês de setembro comemoramos o dia do radialista e do rádio, mas muitas vezes esquecemos que este é um dos veículos de comunicação mais importantes do país. Mesmo com todos os problemas de verbas, falta de estrutura e uma visão empresarial distorcida, o meio ainda é o melhor canal de acesso a informação e entretenimento para muitas comunidades espalhadas pelo país.

     Diante das novas tecnologias o rádio pode ser potencializado e alcançar audiências diferenciadas, que nunca foram trabalhadas.

    Num período marcado pela segmentação em nichos, o suporte multiplataforma da Internet possibilita que as emissoras de rádio produzam programas em diversos formatos e até criem novas emissoras para públicos diferentes.

     O que trava o desenvolvimento do rádio no Brasil? Talvez a melhor respostas seja o fato das empresas de comunicação brasileiras, especialmente as rádios, não se entenderem como “empresas”, muitos ainda batem no peito e afirmam fazer rádio da mesma forma há 40 anos, como se isso fosse diferencial. Infelizmente temos novos públicos que não conhecem o rádio por ondas. Para os jovens, o rádio pode ser um podcast no celular, uma transmissão de streaming no tablet, ou uma emissora web que toque músicas e tenha entrevistas sobre Pokemons.

     Este novo consumidor praticamente não conhece o rádio materializado em um eletrodoméstico, na caixinha sobre o móvel da cozinha, o radinho de pilha que levávamos para os estádios, ou o aparelho em que as senhoras ouviam a “Ave Maria” com um copo de água, todos os dias às 6 da tarde.

     Para esta nova audiência, o áudio digital é uma realidade que flui no ambiente da web. Pode ser transportado, copiado, retransmitido ou simplesmente escutado a qualquer hora e lugar.

     Não devemos viver das glórias do passado, mas buscar os melhores caminhos para um novo futuro. Para tanto, temos de modernizar as empresas entendendo a programação com um produto único, que precisa de uma comunicação própria, métricas diferenciadas e novos formatos que abusem das plataformas digitais.  Este é o futuro da comunicação no país, especialmente do rádio. Como dizia o radialista paulistano Hélio Ribeiro, “o rádio ainda pode ser o veículo que irá mudar o mundo, mudando a você e a mim”. Basta que todos entendam o novo momento histórico que vivemos.

(*) Jornalista e pesquisador do meio rádio na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), mestre em comunicação e mercado pela Faculdade Cásper Líbero (FCL), pós-graduado em administração de empresas pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e professor do curso de Rádio e TV. Atuou mais de 20 anos no mercado de rádio nacional e internacional.
Link original: http://portal.comunique-se.com.br/artigos-colunas/82408-o-radio-ainda-podera-mudar-o-mundo
Acessado em 26 de setembro de 2016 as 13h02

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Excelente iniciativa



     Acompanhem este vídeo com a participação de David Jill, da Best Rádio Brasil e de Cléber Almeida, da Rádio Tom Social e promotor do EPWBR. Muito boa iniciativa em prol das web rádios.


sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Dicas para locução em rádio


      Este artigo não é a verdade absoluta, somente achei interessante para ajudar com algumas informações que podem ser muito úteis.

     Todos sem exceção que trabalham ou já tiveram o privilégio de fazer rádio, sabem que o amor pelo rádio é regra na profissão.

     Grande parte dos profissionais de rádio, aprenderam seu ofício na prática do dia a dia. Adquirindo conhecimentos, experiências, técnicas, que são passadas pelos mais experientes, os mais antigos na profissão. Talvez seja este o motivo de ser tão escassa a quantidade de publicações sobre rádio. Principalmente os manuais, estes são raros no Brasil.

AS “CORES DO RÁDIO”

            O rádio é um meio de comunicação puramente auditivo. É o que chamamos de meio cego. No entanto o rádio possui o poder de incitar a imaginação, de tal forma que, logo que o ouvinte ouve a voz do locutor, forma em sua mente a imagem de quem está falando.
            Na TV, as imagens que vemos estão confinadas nas polegadas de sua tela. No rádio, as imagens que são criadas pela imaginação do ouvinte, não têm limites. Suas dimensões, cores, sabores, aparências, dependem da imaginação de cada ouvinte, e do poder interpretativo do locutor.
            A grande diferença entre as imagens criadas pelo rádio, e as imagens exibidas na TV, é que o telespectador assiste as imagens que saem da televisão. No rádio as imagens brotam de dentro do ouvinte. No caso do walkman, as cenas acontecem literalmente dentro da cabeça do ouvinte.
          


ABERTURA DE UM PROGRAMA

     Começar bem o dia, levantar com o pé direito, chegar para uma entrevista e causar uma boa impressão logo de cara. Tudo o que construímos, tudo o que realizamos com sucesso, tudo de melhor que conquistamos, depende essencialmente de um bom começo, de uma boa base. Para que um bom orador realize com êxito seu discurso, ele terá que caprichar na introdução. O teor das primeiras palavras e de vital importância para ganhar a atenção do público logo de início.
         Caprichar na abertura do programa, é regra entre os bons locutores e é fator primordial para ganhar a audiência logo de começo. Realizar com sucesso a abertura de um programa proporcionará ao locutor um estado de  satisfação, gerando tranquilidade e segurança, durante todo o decorrer do programa.

CONSTRUINDO UMA BOA ABERTURA

      Um bom locutor é acima de tudo um bom comunicador. Comunicar é transmitir mensagens através de diversas linguagens. Nos comunicamos por gestos, pela escrita, com sinais, mas principalmente através da fala que é de longe o meio de comunicação mais eficiente e mais utilizado pelo homem. A informação que será passada através da mensagem, ou seja, o conteúdo da mensagem é fator vital para uma bem-sucedida abertura.


A MENSAGEM DA ABERTURA

O que dizer na abertura do programa?

Somente o necessário, mas o suficiente para transmitir sua mensagem, realizando uma boa comunicação e com isso uma perfeita abertura.

Separei por tópicos a mensagem que comporá nossa abertura.

1. Saudação incluindo a hora e data
2. nome da rádio e a sintonia.
3. nome do programa, conteúdo do programa.
4. Seu nome (locutor)
5. Convite a participar por telefone ou e-mail, etc...
6.Anuncia a primeira música.


    EX: Muito boa noite... hoje 29 de novembro agora são oito horas e dez minutos, Está é a rádio SENAC em 98,7... está entrando no ar mais um SENAC ESTILO, músicas de bom gosto para pessoas de bom gosto como você. Eu sou Pedro Aguiar e estaremos juntos até a meia noite, até lá você pode ligar e participar pelo 25825519...E começamos com boa música... TEARS IN HEAVEN (ERIC CLAPTON)




     Fonte: http://artedefalar.tripod.com/id3.html

terça-feira, 19 de julho de 2016

Nota de repúdio


     A decisão da Juíza do Rio de Janeiro é de uma falta de critérios incrível.
     Sim, o Whatsapp deve ser punido pelo não fornecimento de informações fundamentais para uma investigação.
     Mas quem deve ser punida é a empresa, com multas e não seus usuários, que muitos são profissionais que utilizam o recurso para trabalhar.
     Nós profissionais de Web Rádios transformamos este recurso em um dos itens fundamentais para estreitar o relacionamento com nosso ouvinte.
     Além disto, muitos utilizam para venda de produtos e serviços, fazer a economia andar.
     Realmente a meritíssima não conhece sobre o micro e pequeno empreendedor. Sobre o trabalho jornalístico e sobre respeito a democracia.
     Fica o registro do prejuízo que alguns estão tendo com o ocorrido mais uma vez e a lição não foi entendida por nenhum dos lados envolvidos.
     Atenciosamente,
     Prof Fernando Alves Firmino
     Presidente da União Brasileira de Web Rádios


segunda-feira, 20 de junho de 2016

Carta aos colegas...


     Sucesso a todos,

     Mais do que assuntos de streaming e outros...devemos lembrar que a maioria das web rádios tem papel fundamental na disseminação da informação e noticiar fatos regionais, onde a grande mídia não alcança.

     Infelizmente em escalas diferentes, muitas regiões sofrem com a "Lei da Mordaça" onde repúdio e jamais apoiarei.

     Críticas podem sim ser feitas, discordâncias fazem parte do processo. Para isto, os veículos de mídia a qual representamos devem sempre reservar espaço para isto, mesmo que não concordemos com a opinião dos que criticam. Mas a violência física ou verbal, contra a mídia é sempre um atentado gigantesco contra a democracia.

     A internet nos da uma liberdade e uma velocidade de disseminação gigantesca, mas como membros da mídia devemos ser vigilantes quanto a nós mesmo e sobre nossas empresas de mídia.

     Pensar e repensar sobre cada linha que publicamos, sobre o que falamos em nossos microfones e não esqueçam...denunciar quem é contra o processo democrático.

     Jornalismo no Brasil esta cada vez mais difícil e o papel da web rádio para ser uma nova voz neste gigantesco universo virtual é um "fardo" pesado que devemos carregar com honra e sensatez.

     Não devemos ceder a opressão...toda discussão no campo das ideias é bem vinda, afinal ninguém é dono da verdade e não somos deuses. Mas o respeito é fundamental, liberdade é um direito e devemos preserva-lo para o bem das gerações futuras.

Atenciosamente,


Profº Fernando Alves Firmino
Presidente da União Brasileira de Web Rádios - UBWR
www.ubwr.blogspot.com.br

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Conheça detalhes do decreto que regulamenta o Marco Civil da Internet





     No último dia de mandato antes da suspensão gerada pela admissibilidade do Impeachment pelo Senado, a presidenta Dilma Rousseff publicou o decreto 8.711 que regulamenta aspectos do Marco Civil da Internet (Lei 12.965). Conhecida como a "Constituição da Internet", a lei foi sancionada em 2014 para instituir diretrizes gerais sobre o uso da internet no Brasil, e aguardava regulamentação de pontos como a neutralidade da rede e a proteção de registros de acesso e dados pessoais.  Dois pontos estavam pendentes e foram regulamentados. 
     Apesar do ato ocorrer no apagar das luzes, a regulamentação já foi alvo de consulta pública na plataforma online participacao.mj.gov.br, na qual cidadãos poderiam sugerir ideias ao texto.
      O decreto publicado aponta que os provedores de acesso e aplicação não podem discriminar o tráfego do pacote de dados por arranjos comerciais. Nesse caso, uma empresa que oferece banda larga móvel e permite acesso gratuito a um aplicativo de redes sociais como o Twitter não poderá privilegiar o tráfego desses dados. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) recebeu a missão de fiscalizar e apurar possíveis infrações como essa.
     Outro ponto importante é sobre a necessidade de regulamentar os mecanismos de proteção dos dados que provedores de aplicação e conexão devem armazenar legalmente. Como dado pessoal, o decreto explica tratar-se de “dado relacionado à pessoa natural identificada ou identificável, inclusive números identificativos, dados locacionais ou identificadores eletrônicos, quando estes estiverem relacionados a uma pessoa”.
     O decreto garante que a administração pública mediante determinação judicial tenha acesso a registros de acesso e dados cadastrais de pessoas ou grupos específicos, que podem ser usados, por exemplo, para saber se um suspeito acessou tal site em determinado dia. Mas os órgãos competentes não poderão solicitar dados coletivos e genéricos. Da mesma forma, quando solicitarem, devem garantir mecanismos para que esses dados não sejam violados ou expostos.
     O Comitê Gestor da Internet já possui papel central em estabelecer recomendações e padrões de uso da Internet no país. O decreto reforça esse papel e estabelece que todas entidades e empresas devem tomar como base as diretrizes estabelecidas pelo CGI. O Comitê deverá atuar colaborativamente com outros órgâos públicos para “zelar o cumprimento da legislação brasileira e aplicação de sanções cabiveis, mesmo que as atividades sejam realizadas por pessoa jurídica sediada no exterior”.
     O decreto entrará em vigor 30 dias depois de sua publicação no Diário Oficial (11/05/2016).
Conheça melhor cada ponto:
 Não discriminação no tráfego de pacote de dados
     A neutralidade da rede fundamenta esse ponto. O artigo 9º da Lei 12.965/14 (Marco Civil) exige tratamento isonômico para preservar o caráter público e irrestrito do acesso à internet e os fundamentos, princípios e objetivos do uso da internet no país. Em outras palavras, nenhum provedor de aplicação ou de conexão poderá favorecer algum tipo de serviço para algumas pessoas em detrimento do acesso de internet de outras.
     O tráfego de dados poderá ganhar discriminação, ou seja, maior atenção, de forma excepcional em em casos indispensáveis ou para priorização de serviços de emergência. Poderíamos citar como exemplo uma futura cirurgia médica de urgência que utiliza videoconferência, ou para quando o governo tiver que enviar um aviso a todos os usuários, alertando-os sobre uma catástrofe natural no país.
     Provedores de conexão e de aplicativos também não poderão priorizar pacotes de dados por causa de arranjos comerciais ou para favorecer aplicativos do próprio grupo comercial.  Nesse caso, uma empresa que oferece banda larga móvel e permite acesso gratuito a um aplicativo de redes sociais como o Twitter não poderá privilegiar o tráfego desses dados.
     As ofertas comerciais de acesso à internet não podem fazer distinção dos planos quando se trata do acesso à internet. A internet deverá ter um tipo de acesso único, o que joga por terra os estudos de algumas empresas de cobrarem mais de quem acessa streaming de vídeo em vez de ler somente textos, por exemplo.
Proteção de registros de acesso e de dados cadastrais por provedores
     O Marco Civil da Internet determinou que os provedores de acesso devem guardar registros de acesso por 12 meses. Já os provedores de aplicação devem guardar essas informações por 6 meses. Contudo, muitos aplicativos também guardam os chamados dados cadastrais para fins de controle ou para a performance da ferramenta.
     Sobre os registros e dados pessoais, o decreto estabelece as regras para solicitação da requisição de dados cadastrais das autoridades administrativas competentes mediante ordem judicial.
     Empresas que não coletam dados cadastrais bastam informar tal fato à autoridade solicitante para ficar desobrigada. Como dado cadastral, o decreto entende filiação, endereço e qualificação pessoal (nome, prenome, estado civil e profissão do usuário.)
Transparência na solicitação de dados pela Administração Pública
     A administração pública não poderá solicitar dados genéricos ou coletivos e precisará publicar anualmente relatório estatísticos de quantas requisições cadastrais fez, para onde, quantos deferidos, indeferidos e o número de usuários afetados, além de dizer quais são os padrões que utiliza para manter esses dados protegidos.
     Da mesma forma, os provedores devem criar mecanismos de controle estrito sobre os dados, com níveis de senha e estratégias para garantir a inviolabilidade dos dados com o uso de recursos como a encriptação ou similar.
Parâmetros de fiscalização e apuração de infrações
     O Comitê Gestor da Internet deverá realizar estudos periódicos para apontar recomendações, normas e padrões sobre neutralidade da rede e a proteção de registro e dados pessoais.
     O decreto estabelece também que os provedores em geral devem reter o menor número de dados possível do seu usuário, excluindo-os permanente após a finalidade de uso ou do prazo legal estabelecido no caso de registro de acessos.
     A Anatel e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom) ficarão responsáveis pela fiscalização e apuração de infrações dentro da competência de cada entidade.


*com informações do Decreto publicado no Diário Oficial